CPA

Apresentação

A Comiss√£o Pr√≥pria de Avalia√ß√£o do Instituto de Ensino Superior de Rond√īnia (IESUR) representa a articula√ß√£o entre o planejamento estrat√©gico e as a√ß√Ķes realizadas no √Ęmbito da estrutura acad√™mica. Tem como objetivo avaliar o desempenho desta Institui√ß√£o como um todo de forma qualitativa e quantitativa. Refere-se aos aspectos estruturais e acad√™micos, ao corpo administrativo, docente e discente, sem deixar de contemplar a sociedade civil, entorno e egressos.

Segundo a Lei n¬ļ 10.861, a CPA dever√° atuar com autonomia em rela√ß√£o a conselhos e demais √≥rg√£os colegiados existentes na institui√ß√£o, garantindo desta forma a participa√ß√£o de todos os segmentos da comunidade acad√™mica e de representante da sociedade civil organizada.

O objetivo da Comiss√£o √© auxiliar na gest√£o institucional nas dimens√Ķes acad√™mica e administrativa, a fim de identificar as potencialidades e a superar os limites para a melhoria permanente da qualidade das atividades desenvolvidas pelo IESUR.

Fale com a CPA

Entre em contato conosco pelo e-mail: cpa@faar.edu.br

A Comissão Própria de Avaliação

A Comiss√£o Pr√≥pria de Avalia√ß√£o do Instituto de Ensino Superior de Rond√īnia representa a articula√ß√£o entre o planejamento estrat√©gico e as a√ß√Ķes realizadas no √Ęmbito da estrutura acad√™mica. Tem como objetivo avaliar o desempenho desta Institui√ß√£o como um todo de forma qualitativa e quantitativa. Refere-se aos aspectos estruturais e acad√™micos, ao corpo administrativo, docente e discente, sem deixar de contemplar a sociedade civil, entorno e egressos.

A Lei n¬ļ 10.861 diz que a CPA dever√° atuar com autonomia em rela√ß√£o a conselhos e demais √≥rg√£os colegiados existentes na institui√ß√£o, garantindo desta forma a participa√ß√£o de todos os segmentos da comunidade acad√™mica e de representante da sociedade civil organizada.

A CPA do IESUR é composta:

‚Äď Dois representantes do corpo docente;

‚Äď Dois representantes do corpo t√©cnico-administrativo;

‚Äď Dois representantes do corpo discente;

‚Äď Dois representantes da sociedade civil organizada.

 

Os membros representantes do corpo docente, corpo discente, funcionários técnico-administrativos e sociedade civil organizada possuem mandato de dois anos, podendo ser reconduzidos.

A Comiss√£o Pr√≥pria de Avalia√ß√£o re√ļne-se, ordinariamente, uma vez por semestre, e extraordinariamente, ou quando o caso requer.

Miss√£o da CPA

Sistematizar e analisar dados e informa√ß√Ķes coletados a fim de identificar fragilidades e potencialidades com vistas √† cria√ß√£o de estrat√©gias de supera√ß√£o de problemas e de amplia√ß√£o dos bons resultados, a fim de assegurar um ensino de excel√™ncia.

Atribui√ß√Ķes da CPA

Рestabelecer diretrizes e indicadores e conduzir a organização dos processos internos do Programa de Avaliação Institucional;
– elaborar os instrumentos avaliativos;
Рelaborar relatórios parciais (I e II Ciclos) e Final e Relatos da Avaliação Institucional e encaminhar aos departamentos;
– apoiar o processo de Planejamento Institucional, bem como acompanhar o seu desenvolvimento;
Рavaliar o desempenho desta Instituição como um todo de forma qualitativa e quantitativa;
Рassegurar a continuidade do processo avaliativo e fortalecer a cultura de avaliação.
– identificar as potencialidades da Institui√ß√£o: √°reas, cursos e programas, nas dimens√Ķes de ensino, pesquisa, extens√£o, gest√£o e forma√ß√£o;

Membros da CPA

Composição da Comissão Própria de Avaliação do IESUR período de 2023-2025

Nome dos Membros

Função

Jakline Brandhuber de Moura

Representante do Corpo Docente

Fl√°vio Estev√£o Neto

Representante do Corpo Docente

Carla Angélica B. Quintão

Representante do Corpo Técnico-administrativo

Arailde de Souza Santos

Representante do Corpo Técnico-administrativo

Lucas Kerr

Representante do Corpo Discente

Gabriela da Silva Lima

Representante do Corpo Discente

Maria Lucy Cardoso

Representante da Sociedade Civil Organizada

Régio Mendes de Carvalho

Representante da Sociedade Civil Organizada

  Fonte: CPA, 2023

Avaliação Institucional

O Sistema Nacional de Avalia√ß√£o da Educa√ß√£o Superior (SINAES) √© constitu√≠do por tr√™s componentes principais: avalia√ß√£o das institui√ß√Ķes (avalia√ß√£o externa e autoavalia√ß√£o institucional); avalia√ß√£o dos cursos de gradua√ß√£o e p√≥s-gradua√ß√£o e resultado do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE).

Conforme orienta√ß√£o da Nota T√©cnica n¬ļ 062/2014-INEP/DAES/CONAES, a Avalia√ß√£o Institucional dever√° seguir o seguinte roteiro:

РEixo 1: Planejamento e Avaliação Institucional: considera a dimensão 8 (Planejamento e Avaliação). Inclui também um Relato Institucional que descreve e evidencia os principais elementos do seu processo avaliativo (interno e externo) em relação ao PDI, incluindo os relatórios elaborados pela CPA do período que constituiu o objeto de avaliação;
– Eixo 2: Desenvolvimento Institucional: contempla as dimens√Ķes 1 (Miss√£o e Plano de Desenvolvimento Institucional) e 3 (Responsabilidade Social da Institui√ß√£o);
– Eixo 3: Pol√≠ticas Acad√™micas: abrange as dimens√Ķes 2 (Pol√≠ticas para o Ensino, a Pesquisa e a Extens√£o), 4 (Comunica√ß√£o com a Sociedade) e 9 (Pol√≠ticas de Atendimento aos Discentes);
– Eixo 4: Pol√≠ticas de Gest√£o: compreende as dimens√Ķes 5 (Pol√≠ticas de Pessoal), 6 (Organiza√ß√£o e Gest√£o da Institui√ß√£o) e 10 (Sustentabilidade Financeira);
РEixo 5: Infraestrutura Física: corresponde à dimensão 7 (Infraestrutura Física).

Os instrumentos de avaliação do IESUR são construídos e sempre revisados para diagnosticar as potencialidades e as fragilidades, e através destes resultados da autoavaliação institucional, o IESUR poderá buscar ferramentas para o planejamento pedagógico e administrativo a fim de contribuir para melhoria da qualidade do ensino da Instituição.

Os formulários ficam disponíveis na comunidade acadêmica de acordo com o período da campanha e cronograma.

A participação de todos é fundamental para que o IESUR possa colher um retrato acerca da realidade acadêmica. Por isso, não deixe de participar e de responder aos formulários de avaliação.

Cronograma

                                                   1¬™ ETAPA 

 

РRevisão dos instrumentos de Avaliação interna;

– Divulga√ß√£o   e realiza√ß√£o da pesquisa;

– An√°lise dos resultados;

– Elabora√ß√£o de Relat√≥rios e divulga√ß√£o dos resultados.  

– Pesquisa para acad√™micos ingressantes busca informa√ß√Ķes sobre a escolha da IES, motivo da escolha da carreira, do curso, renda familiar, tipo de empresa e munic√≠pio onde mora (mar√ßo e agosto);

– Grau de satisfa√ß√£o do Egressos traz informa√ß√Ķes quanto √† situa√ß√£o profissional do egresso, conhecimento e adequa√ß√£o entre a forma√ß√£o oferecida no curso e as exig√™ncias do mercado de trabalho, o n√≠vel de satisfa√ß√£o do aluno em rela√ß√£o ao curso e √† institui√ß√£o, forma√ß√£o continuada, tipo de empresa que trabalha (ao longo do ano letivo);

Processo de Aprendizagem Remota / On-line para corpo discente:  levantar as principais dificuldades dos alunos em ter aulas remotas e/ou uso de tecnologias educativas, a fim de avaliar e melhorar o atendimento nessa modalidade (abril);

РProcesso de Aprendizagem Remota / Online para o corpo docente busca identificar a experiência do professor em utilizar as ferramentas/metodologias de ensino utilizadas por ele durante as aulas; frequência, disponibilidade de tempo para atendimento, solução de problemas, autoavaliação (abril/maio);

– Pesquisa de satisfa√ß√£o destinada aos acad√™micos matriculados em Disciplinas Mediadas por Tecnologias Digitais busca informa√ß√Ķes sobre material did√°tico e atividades desenvolvidas nas salas virtuais, dificuldade em navegar pelos m√≥dulos e materiais dispon√≠veis, disponibilidade do professor-tutor para orienta√ß√£o e acompanhamento dos professores-tutores, suporte t√©cnico (maio).

2ª ETAPA

 

РAplicação das pesquisas de satisfação;

-An√°lise dos Resultados;

-Divulgação dos resultados;

 

– Pesquisa de satisfa√ß√£o dos concluintes traz informa√ß√Ķes sobre a situa√ß√£o profissional, conhecimento e adequa√ß√£o entre a forma√ß√£o oferecida no curso e o mercado de trabalho, n√≠vel de satisfa√ß√£o do aluno em rela√ß√£o ao curso e √† institui√ß√£o;

– Pesquisa de satisfa√ß√£o dos T√©cnicos-administrativos aborda temas sobre comunica√ß√£o e informa√ß√£o, ambiente e condi√ß√Ķes de trabalho, organiza√ß√£o, objetivos institucionais (setembro);

– Pesquisa de satisfa√ß√£o do corpo docente traz informa√ß√£o em rela√ß√£o ao ensino, extens√£o, pesquisa, comunica√ß√£o e informa√ß√£o, ambiente e condi√ß√Ķes de trabalho e organiza√ß√£o e objetivos institucionais (setembro);

3ª ETAPA

 

РDivulgação da pesquisa sobre o grau de satisfação por parte do aluno;

РAplicação das pesquisas de satisfação;

– An√°lise dos Resultados;

-Elaboração do Relatório de Avaliação Institucional do I Ciclo;

РDivulgação dos resultados.

– Pesquisa sobre Virtualiza√ß√£o das Aulas e Rotinas Acad√™micas aborda a efic√°cia das aulas virtuais, escolha dos recursos pedag√≥gicos oferecidos pelo professor, tempo dispon√≠vel para atendimento, complexidade das atividades, disponibilidade do coordenador para atendimento e solu√ß√£o dos problemas, suporte t√©cnico, postagem dos planos de ensino e cronograma, dedica√ß√£o,  conte√ļdos dispon√≠veis para estudo, dificuldades do acad√™mico em acessar as salas virtuais, avalia√ß√£o e acesso √†s salas virtuais e avalia√ß√£o do professor (outubro /novembro).